Moda – os 7 erros que juramos nunca mais cometer

Já é janeiro de novo e lá estamos nós renovando nossas velhas promessas che@s de expectativas e entusiasmo, pois não há quem não adore essa sensação de mais novas 365 chances para fazermos desse ano que começa, o nosso grande ano, não é mesmo? Mas e se usássemos desse espírito para ao invés de um “novo eu” criarmos simplesmente um “melhor eu”? Agora que todo alvoroço festivo já acabou e sua vida já voltou à normalidade, que tal se preparar para começar esse ano de forma mais sensata, traçando metas e usando truques mais inteligentes e mais gentis para com você mesm@ nesse 2018?

Mas antes que falemos da dieta, da ginástica e das várias outras promessas que você jurou cumprir nesse ano, e se começássemos pelos erros tolos de moda que, entra ano e sai ano, juramos não voltar a fazer? Chega uma determinada hora que finalmente (!!!) entendemos que a moda deve ser uma alegria, um libertador, algo para nos fazer sentir feliz e não nos desmotivar, perder tempo ou ter qualquer impacto negativo em nossa vida. Por isso, se o seu primeiro pensamento à entrada desse ano foi “ano novo, vida nova”, então aqui vai algumas sugestões de pequenas mudanças de comportamento (e pensamento) que farão que o seu ano seja realmente novo.

1. Não compare suas roupas com as d@s outr@s

Frequentemente nos deixamos envolver no que @s outr@s ao nosso redor ou (e principalmente) nas redes sociais estão vestindo. Isso só pode ser bom se você estiver racionalmente e ocasionalmente procurando por uma pequena inspiração, mas tão logo você comece a se comparar, então é hora de desligar o instagram e voltar à razão. Somos todos diferentes e é exatamente essa nossa singularidade que deve ser celebrada, não o contrário…

2. Não se sinta pressionada a ter algo novo

Nova compra não é sinónimo de se sentir mais bonit@ ou mais satisfeit@. Otimize sua vida comprando menos e valorizando mais as roupas que você já tem. Lavar e armazenar a roupa corretamente prolongam a vida das suas peças favoritas, podendo assim usa-las por mais tempo. Quando precisar de algo novo, seja racional. Foque no que e para quê precisa e tente encontrar a versão mais versátil possível dessa peça. Acredite, sua consciência e o planeta vão te agradecer.

3. Não force um look ou uma tendência

Forçar-se a ser diferente leva tempo, disposição e muitas vezes, alguma psicologia. Forçar um look, uma tendência ou qualquer outra coisa é mais do que perda de tempo e de dinheiro, é perda de identidade. Invista somente naquilo que te fizer mais sentido e no que te fizer feliz – e não estamos falando só de roupa, ok? Evite o desperdício de energia e o acúmulo de coisas sem uso na tentativa de se enquadrar ou agradar alguém senão a si mesm@.

4. Não tente perder peso para entrar em algo

Não entre nessa. Mesmo. Isso raramente funciona e é um processo completamente frustrante. Para a moda nos fazer feliz a primeira atitude a mudar é a aceitação e o respeito para com o nosso próprio corpo. Por isso, não se sinta pressionada a ser mais ou menos magra, a mostrar ou esconder o seu corpo para fazer parte de alguma coisa. Compre o que lhe cair bem, o que te fizer feliz e ignore o número na etiqueta ou qualquer comentário infeliz.

5. Pondere fazer um planejamento de looks

É claro que nem sempre temos tempo para planejar todos os outfits, mas se deixa para a última hora, além de arriscar chegar atrasad@, acaba por usar sempre as mesmas combinações de roupas por não ter tido tempo de deixar a criatividade fluir. Esforce-se para escolher ainda que seja uma única peça para cada dia, pois assim criará uma base de partida para construir novos looks. Planejar seus looks fará você não só variar mais as suas roupas, como ainda ganhar minutos extras pela manhã.

6. Elogie mais

Independentemente se você ou a as pessoas ao eu redor tencionam vestirem-se para impressionar, um elogio de uma pessoa elegante é sempre muito bem-vindo. Nós sabemos como isso nos faz sentir, então não se esqueça de espalhar mais seu carinho sincero por outro ser humano elegante. Lembre-se: gentileza gera gentileza.

7. Não ignore o que te faz feliz

Gosta de cores berrantes? Adora misturar prints? Sabe que não está em alta, mas retrô é o seu estilo? Então use. Se há algo que realmente fala por você, não importa quão demodê ou “não-trendy” você possa aparecer. A verdade é que, se você adora, provavelmente te fica bem, você sente-se bem e nada nos fica melhor, em qualquer ocasião, do que parecermos nós mesm@s.